quarta-feira, 5 de junho de 2013

Dor de cabeça...

Boa noite, Vietnã!


Eu estou com uma dor de cabeça tão chata...
Lutei hoje...
E o resto tive que entregar pro Universo...
Não gosto, of course...
Quero resolver tudo... quero decidir sempre...
Se sim... ou se não...
Gosto do imediato... rs...
Mas, faz um tempinho, as rédeas saíram da minha mão...
Então, o comando está em outras mãos...
O importante é continuar caminhando... vivendo...
Mesmo num ritmo baixo...
Se o único movimento permitido é o das mãos... então mexo as mãos...
Quando permitem que eu ande... eu ando...
Se o único lugar onde há liberdade é na minha cabeça, então eu sonho... crio... invento...
E vou levando um dia de cada vez... à forceps... na marra...
Fico me perguntando se após tantas "surras" ainda vai sobrar confiança prá acreditar nas pessoas que vou encontrar pela vida... rsrs...
Será que terei essa capacidade ainda?
Meu sentimento atual é medo... rs...
Olho para as pessoas e penso: "Ele (a) vai me magoar, meu Deus..."... "Que horas virá a porrada?"...
Na contra-mão, penso: "Regiane, você é uma pessoa que vale muito a pena..."...
Eu tomo conta de mim de uma maneira magistral!
Eu não faço nem certo, nem errado...
Apenas, me viro...
Confiança... é isso que tenho a meu respeito!
Tenho muito respeito pela pessoa que sou...
Tenho prazer em viver em minha companhia...
Sei do que sou capaz de suportar...
Sei o que é ficar sozinha...
Aquela solidão diferente de "não ter pessoas"...
Tem uma solidão que é um local... Ou uma noite escura que parece não passar nunca...
Tem uma solidão que te priva do sorriso... do sol... do contato com as pessoas...
É o Umbral na Terra...
É ver a vida de um cubo de vidro... sem porta, sem janela...
O Universo não sabe quem eu sou...
Nem quem passa por mim nesta estrada...
Isso não é coisa que se avise, seu moço...
É uma senha... algo invisível aos olhos como diria meu amigo "Exupéry"...
Tive um sonho stranger... prá variar... rsrs...
Sonho com muitos símbolos...
Mas, são apenas sonhos...
Será?

Bjus da

Nenhum comentário:

Postar um comentário