quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Adios...

Boa tarde, Vietnã!

Último post de 2011...
Afff....
Ano ímpar! Eu amoooo...
Mas, esse...
Vamos combinar, hein? rsrs...
Comprei "Notting Hill"...
Consegui minha habilitação...
Comprei o "Fom-Fom"...
Abri mão de "Notting Hill"...
Vou cumprir sentença na "Talavera Bruce"...
Teve prá todos os gostos... rsrsrsr...
Do céu ao inferno... rsrsrs...
Em fevereiro começou uma noite muito escura, prá mim...
Pensei que não conseguiria sair... rs...
Horrível... longa demais... escura demais...
Solidão demais...
Foi como ficar numa ilha... sozinha...
Não alcançava o continente mais próximo...
E não havia ponte para chegar até essa ilha...
Eu saí da ilha... sozinha...
Voltei para o continente, finalmente... rs
Mas, jamais esquecerei o tempo que fiquei na ilha, naquela escuridão...
Muito doloroso... muito triste... mas, veramente, importante!!!
Apesar do cansaço, foi uma lição e tanto...
Lá se vai mais um pouco da ingenuidade... da criança...
Tantos questionamentos... rs... obrigatoriamente, as respostas vêem...
Na "minha casinha" é verão...
Achei que seria outono prá sempre...
Mas, assim que eu cheguei no continente, havia um sol maravilhoso... brilhando tão forte...
Foi inevitável... rs...
Aqueles dias ensolarados, brilhantes, quentes... como só o verão é capaz de dar...
Tantos verões...
E brilha e queima como se fosse a 1ª vez...
Vou terminar esse ano de pé, novamente...
Viva, novamente...
Pronta, novamente...
No caminho, novamente...

Grazie, Dio !!!

Bjus da

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Déjà vu...

Boa tarde, Vietnã...

Sensação mais conhecida que essa, não tem...
Putz, e isso não é bom!!!
Definitivamente, não é bom...
Lembra do sonho? Então...
Ele SEMPRE termina do mesmo jeito... rs
Ou melhor, eu acordo, SEMPRE na mesma parte...
SENHOR, tende piedade !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Como eu faço diferente???
Como é que eu faço prá acordar só quando o sonho, realmente, terminar?
Como faço prá não acordar? E sonhar até o fim?
Putz...
Que sensação ruim, meu Deus!!!
Como eu faço prá aprender a fazer diferente?????
É como esperar a onda perfeita...
Espera, espera, espera, espera...
E quando ela chega, eu perco o tempo exato de me encaixar nela...
Ela passa e eu fico...
Nossa que sensação horrível...
Até o fato de vir prá cá falar sobre esse tema: É PREVISÍVEL !!!!
Vontade de soltar uns palavrões... de quebrar tudo...
Sensação de estar num aquário... querendo sair e não conseguir...
Odeio dizer isso, mas fracassei, novamente...
Fracassei!!!
Talvez eu esteja viciada no que não está ao meu alcance...
Já pensou se a verdade (nua e crua) é que eu NÃO QUERO o que eu tanto busco, o que eu espero há tanto tempo?
Vou considerar essa possibilidade... seriamente...
Existe a possibilidade de querer apenas, buscar, buscar, buscar...
E nunca querer chegar na "reta final" ???
Se for isso (e acho que existe uma grande chance de ser...), desejo que esse "looping" pare agora...
Meu desejo é chegar até o "fim"... Seja ele qual for...
Quero e vou chegar até esse "fim"...
Não quero só buscar... esperar...
Quero chegar até o "final" e ver o que me espera...

MAKTUB!

Bjus
da Rê

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Cássia Eller - Luz dos Olhos

Fôlego...

Boa noite, Vietnã...


Medo de dirigir... rs...
Nossa, como eu sinto medo...
E como eu odeio sentir medo, mon Dieu...
Ando tão acelerada... 
Com tanta pressa...
Não na direção, of course... rsrsrs...
Mas, na vida...
Fico me controlando... não digo o que me vem à cabeça...
Não ajo como o previsto...
Controlo os passos, o olhar, o comentário...
Mas, por dentro está um turbilhão...
Tem também o desassossego...
O que antes era vazio e árido... agora, é como se eu estivesse numa corredeira...
Céus...
Um sobressalto atrás do outro...
Onde isso vai dar?
Não que eu queira parar... não quero deixar de sentir...
Não quero compartilhar... é algo tão meu...
Sensações tão fortes... e tão conhecidas...
Tão antigas...
Me sinto viva... mas, tem que ser num turbilhão? rsrsrs...
Tudo está tão urgente...
Difícil achar as palavras...
Difícil descrever a bagunça que está aqui dentro...
Difícil escrever sobre esses sentimentos... rs...
Não que sejam desconhecidos prá mim... 
É que não encontro a calma...
Preciso de calma...
Até mesmo prá aproveitar a adrenalina da corredeira, n'est pas? rs...
Não encontro essa calma...
Não consigo relaxar... rs...
Não consigo deixar de lembrar...
Não consigo deixar de querer...


Que Jah me ajude...
Hoje e sempre...


Bjus da


Projeto: Sonho...

Boa tarde, Vietnã !!!

Continuo sonhando... rsrsrs...
Aliás, eu "voltei" a sonhar...
Que delícia... rsrsrs...
Eu sei que não é prudente...
Arrisco que nem é inteligente...
Mas, eu sempre volto ao mesmo sonho... SEMPRE !!!
Muda o cenário... mudam as cores... os sons... a coragem, ou a falta...
Mas, o sonho é o mesmo...
A tanto tempo, que já nem sei quanto...
Forte, intenso... Sempre me provocando...
O descompasso com a realidade também se repete... rs...
Mas, já desisti de não sonhar esse sonho...
Vontade irresistível de entrar nesse sonho e não voltar mais prá realidade...
Eu já fiz isso... dói...
Apesar do desejo de não querer parar de sonhar... apesar da fome em querer mais um pouco... e mais um pouco...
É irresistível... não quero parar de sonhar...
Sei que estou andando no "fio da navalha"...
E ao contrário de ser prudente, me arrisco cada vez mais...
Cada vez mais, chego perto do "precipício"... vou caminhando bem de perto... louca prá me jogar...
Sem pára-quedas... sem estilo bump-jump...
Me jogar... me entregar... rsrsrs...
Todos os dias, percebo que uma parte de mim vai embora...
Uma parte dura, rígida...
A parte sensata... rsrsrs...
A parte "lógica"...
Que se dane a lógica das coisas... rsrsrs... isso é uma piada...
De muito mau-gosto, por sinal... rs... Fake total...
Não sei se esse sonho, bom e perigoso, vai se realizar...
Mas, posso apostar que sim...

É o meu desejo... o mais profundo...
O mais verdadeiro...
O que vai valer a pena... pela eternidade !

MAKTUB...

Bjus da

sábado, 10 de dezembro de 2011

Cefaléia...


Bom dia, Vietnã!!!

Pilotei o "fom-fom", hoje... rsrsrs...
Fui até o trabalho...
Uma verdadeira aventura... rs...
Senti medo... mas, acabei com ele a cada km rodado...
Mas, devo confessar que odeio sentir medo... I hate !!! rs
A dor de cabeça não me deixou, essa semana... rs...
Nem as aporrinhações... nem o medo...
As vezes, sinto um medo estranho...
Vivo... grande... próximo... real demais...
Tenho tantas dúvidas...
Não sei se é isso que me deixa assustada e enfraquecida...
Por incrível que pareça, no dia-a-dia, eu tenho conseguido fingir bastante... rsrsrs...
Já nem me importo se o resultado disso, será uma pessoa cínica e dissimulada... rsrsrs...
Se for, será mais uma, né? rs...
Não sei como fazer prá encontrar o "meu lugar"... a "minha tribo"...
Deus do céu... esse é o tipo de solidão que machuca...
Mas, tenho ocultado bastante o que eu sinto, o que eu "acho"...
O meu sorriso tem convencido...
Incrível, isso... rsrsrsr...
Criei uma estratégia boa... e perigosa...
A famosa "Lei da Compensação"... rs
Estou bem seletiva... mas, ainda existem situações que não posso me ausentar... ou me dar ao luxo de "fugir"...
Tenho que presenciar... algumas vezes, tenho até que participar... outras vezes, necessário abrir mão de sonhos acalentados há muito tempo...
E sempre com um sorriso no rosto... ou mostrando uma enorme satisfação! rsrsrsrsrs...
Acho isso de uma violência, que apelo prá compensação... rs...
Não é porque estou me recompensando que não sinto a "tal violência"... Mas, pelo menos, é um incentivo a mais prá engolir em seco... não dar uma resposta atravessada... pro sorriso ser convincente... Sacou? rsrsrs...
Tem um preço, sorrir e aceitar situações que eu não quero...
Tem um preço, conviver com pessoas que não tem o menor respeito por mim...
Tem um preço enorme, ser usada... descaradamente, usada...
Tem um preço ser gentil com quem eu quero distancia...
Tem um preço ser julgada o tempo todo...
Enxaqueca absurda... rsrsr... Dor no corpo... Azia sem fim.... rs...
Mas, eu aprendo...
Vou me aprimorar o quanto puder...
Até o momento que o ato de fingir não cause dor de cabeça...

Bjus da



quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

O sono eterno...

Boa tarde, Vietnã...

Tempo de dormir... rsrsrsrsrsr....
A insônia deu um tempo e, agora, só quero dormir...
Sono forte... pesado...
Fora isso, tudo caminhando...
Com as devidas adaptações... com os devidos "sapos"... com as devidas porradas... rsrs...
Mas, percebo que tudo está caminhando...
Definitivamente, não sei se é pro caminho que eu desejo...
Aí já é pedir demais, né?
Falei com um amigo muito querido, hoje...
Bom demais...
Trouxe a serenidade que me faltava... com alegria que lhe é peculiar... rsrs...
Tudo pontuado com afeto, respeito...
Tudo o que eu precisava... e preciso, SEMPRE !!!
Cada um dá aquilo que tem...
Já ouvi isso... de maneira pejorativa, of course.... rsrsrs...
Meu amigo, tem os melhores sentimentos... a melhor energia...
É um tesouro herdado... rsrsrs....
Guardo com muito carinho e cuidado...
Faço uso desse tesouro, sempre... nos bons e nos maus momentos...
Graças a Jah, tenho anjos em meu caminho...
Como pode isso ??? rsrsrs...
Sou merecedora de tantas coisas boas?
E olha que coisas boas, não me faltam... rsrsr...
Tenho ótima saúde...
Tenho pouquíssimos e GRANDES amigos... rs... Capítulo à parte, são os melhores que alguém pode ter... rsrsrs.... Eles conseguem gostar de mim, de graça... rsrsrsr....
Tenho um trabalho que me dá um grande prazer... e ainda recebo por isso! rsrsrsrs...
Tenho capacidade de raciocinar... Well, não sei se isso é tão bom assim... rsrsrsr... brincadeirinha...
Tenho fé em Deus...
Tenho liberdade de crença...
Tenho um carro 0 km... rsrsrs...
Tenho "um lugar chamado Notting Hill"...
Sou negra... logo, minhas pernas estão sempre bronzeadas.... rsrsrsrsrs...
Sou filha do Sr. Pereira... o melhor pai que alguém poderia ter...
Conheço uma escola de auto conhecimento...
Tenho um longo histórico com Peruba City...
Tenho um corpo legal... aos 40 anos !!! rsrsrsrsrs...
Tenho um blog... um canal direto que me liga ao Vietnã e aos lindos vietnamitas de plantão!!!
Tenho um Curriculum amoroso péssimo.... sinal de que, a partir de agora, só vou acertar! rsrsrs...
Enfim, são tantas coisas boas... de verdade...
Dizem que só recebemos o que merecemos... UAU !!!
Devo valer algo, né? rsrsrsr...
Grazie Dio... Muchas Gracias... Muito obrigada... Tks...

Bjus da

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Cirque Du Soleil - Mer Noire ( Tiesto Remix ) 2004

Meu sono... cadê?

Boa noite, Vietnã !!!


Tempo de insônia...
Gostei desse lance dos "tempos"...rsrrsr...
Nem é tão ruim ficar sem dormir...
Com o silêncio da casa, da rua... eu consigo pensar...
Escuro... silêncio...
Do jeito que eu gosto...
Às vezes, rola umas "lagriminhas"... rsrsr...
Depende do estado de espírito...
Na madrugada, eu penso sobre tudo e todos...
Sem pudor... sem medo... sem culpa...
Penso... imagino... sonho... luto... entendo... sofro...
Quando o relógio desperta, recoloco a máscara e entro na "linha de montagem" onde nada muda, nada escapa...
Mas, continuo com meus pensamentos... mesmo sob a máscara...
Observo...
Vejo a mentira rondando... se fazendo presente no meu dia-a-dia...
Odeio isso!!!
Vejo tantos sentimentos podres...
Ah, de repente, sobra um afeto prá mim...
Um abraço sincero, no meio do caos... um sorriso amigo... uma palavra reconfortante ou de apoio...
Às vezes, vejo olhos sinceros... rsrsrs...
É como caminhar no deserto durante muito tempo, sozinha, em silêncio e de repente, encontra uma turma animada fazendo festa prá vc... rsrsrs...
Não tem quem não se contagie, né?
Mas, essas aparições são "relâmpagos"... rs...
E servem para algumas noites escuras de insônia...
Às vezes, essas lembranças, esses momentos "relâmpagos" são tudo o que temos...
É tudo o que vai restar...


Bjus da 

Luz x Treva...

Bom dia, Vietnã....

Necessário o contato com meus amados vietnamitas...
Tava aqui pensando, quanto vale a liberdade... rsrsr...
Eu tive um amigo que dizia um bordão: "A liberdade tem o seu preço... Muito cara por sinal!"...
Ele falava isso direto... rsrsrsrsr...
Às vezes, a falta da liberdade, faz com que façamos muito mais, com mais intensidade do que quando temos tempo, paz e a tal LIBERDADE...
Sinto um pouco isso...
A urgência já existia...
Mas, agora, é algo mais precioso... mais rico...
Não dá prá colocar "se"...
Não há espaço pro medo...
Não há espaço prá considerações...
Não há espaço pro bom-senso...
Existe somente o prazer de experimentar...
O medo que não dê tempo...
A vontade de querer mais um pouco...
A diversão... a alegria...
É como se o sol estivesse prá ser encoberto a qualquer momento... então, necessário aproveitar só mais um pouquinho... e mais um pouquinho... e mais um pouquinho... rsrsrsr...
Quero ir... quero voltar... quero ter... quero conhecer... quero sentir...
Querer o tempo que não se tem é algo doloroso... rsrsrs...
Não há espaço prá culpas...
Não há tempo para cobranças... não vou ouvir... não faz sentido prá mim isso...
Há algo mais precioso e mais urgente prá mim...
Quero viver !!!
Não quero parar prá pensar no porquê disso ou daquilo...
E essa "ânsia" me dá uma felicidade incrível, sabe?
Sinto uma força gigantesca... como se eu pudesse tudo... rsrsrs...
Lembra do post que eu escrevi "sobre tudo ter um tempo"?
Esse tempo, agora, é meu... só meu !!!
Agora, é tempo de viver do jeito que eu sempre quis viver... e nunca vivi...
É tempo de fazer só o que gosta... só o que dá prazer...
É tempo de sentir sensações boas... tempo de realizar as fantasias, os sonhos...
Tempo de ser generosa comigo... de cuidar bem da minha mente e do meu espírito...
Não vou quantificar... mesmo porque não sei...
É estranho não pensar no futuro... estranho e salutar, n'est pas ??? rsrsrsr...
Só hoje, agora, é o que me interessa...
Porque esse tempo... eu ainda tenho !!!

Bjus da

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

U2 - Love And Peace Or Else (Chicago Live)

Talavera Bruce...

Boa noite, Vietnã !!!


Corrida contra o tempo.... rsrsrs...
As coisas nem sempre são como gostaríamos...
Tá aí uma "verdade absoluta"... rsrsrsrs...
Daquelas que até doem quando sentimos, ou dizemos... ou enxergamos...
Percebo que estou com uma capacidade de adaptação grande... e isso é muito bom!
O que mais dói, é "Notting Hill"...
Não...
O que mais dói, é maneira como aconteceu... rs...
Ser a última, ainda é algo que me magoa...
Mais um shut... rsrsrsr...
Notting Hil, será arquivado... fechado...
Enquanto eu puder, ficará lá me esperando...
Ainda não consigo o desapego de deixar um estranho num lugar que me é tão especial... MEU LUGAR... MEU CANTO !!!
O fom-fom, veio em boa hora, não ???
"Viu só como Deus é bom" ???
Não sei quanto tempo eu tenho prá viver... respirar... conhecer... aproveitar... sentir...
Mas, o tempo que eu tiver.... serão os mais intensos desses 40 anos mal-vividos !!!
Muito mal-vividos... 
Pagar por isso... um valor alto até prá alguém como eu... rsrsrs...
Viver intensamente... rsrsr... antes de chegar até Talavera Bruce...
Acho que a 1ª vez que eu ouvi sobre isso eu tinha uns 15 anos...
Fiquei impressionada... rs...
Mal sabia que meu destino seria esse.... rsrs...
Mas, lembro do desespero de me imaginar naquela situação...
Sempre senti horror a perder minha liberdade... de não poder respirar...
Talvez, os pesadelos com os zumbis, eram uma profecia... rsrsrs...
Eles sempre queriam me enterrar viva.... rsrsrsrsrs...
Pois, é zumbis... deram bobeira... perderam a vez !!! rsrsrsrsr....
Não perca a classe, menina...
Enfrente tudo com bom-humor... pés leves... mente liberta...
Jamais vão poder encarcerar o seu espírito... a sua mente...
Uma pena que vc não conheceu tudo o que deveria...
Conheceu, apenas, o que podia...
Quanto ao shut... pense que as pessoas são como são...
Vc não pode mudá-las...
Deixe ser como tem que ser...
Ame o tanto que conseguir...
Não deixe doer, novamente...
Como?
Simples: não acredite mais...


MAKTUB!


Bjus da

sábado, 3 de dezembro de 2011

Enxaqueca...

Boa noite, Vietnã !!!


Uma semaninha com uma enxaqueca notória... 
Vontade de trabalhar de óculos escuros ou num local fechado, onde não entrasse nenhuma fresta de luz.... aff !!!
Enquanto a cabeça "estalava", meu coração batia feliz... Leve...
Proteção, felicidade e foco dentro de uma pirâmide colorida...
Que maravilha reencontrar a Paz e a Felicidade...
Os pés ficam leves... ágeis...
Em alguns momentos, os movimentos, os passos se assemelham a uma dança...
O sorriso vem fácil... rs...
Tô prá dizer que ele nem sai do rosto... não se conforma em ficar, apenas, nos lábios... invade e se instala nos olhos...
E, depois de muito tempo... mesmo com a dor, meus olhos sorriram no mesmo instante que sorria os meus lábios...
Os mesmos olhos que sentiam uma dor insuportável, viam ao redor com mais misericórdia... viam beleza...
O corpo ficou com outro ritmo... 
Delícia...
Enxaqueca x Felicidade... rsrsr... Both ! rsrsrsrsr...
De repente escutei um som estranho...
Tum-tum... tum-tum... tum-tum... tum-tum...
Cadas vez mais forte e mais compassado (ou seria descompassado?)...
E não é que ele resolveu começar a trabalhar again? rsrsrsrs...
Happy again...
Com a diferença que não quero ter nenhum juízo...
Ah, não...
Quero ficar sem esse "peso" na bagagem...
Me dá um descanso, vai...
Não quero juízo, bom senso... pesos... são apenas pesos...
Nada mais que isso...
Deixa eu viver...
Porque renasci, novamente...
Depois de uma longa noite escura...

Aos vietnamitas de plantão,
todo o meu amor, meu carinho e respeito...

Bjus da




terça-feira, 29 de novembro de 2011

Seal - Get It Together (Video)

Casa V x Casa XI

Boa noite, Vietnã...


Dizem que há tempo prá tudo...
Acho que eu li isso em algum lugar... rsrsrs...
Ando com "zero" moral comigo mesma (Me and myself... rsrsrsr...)...
Aproveitei o "ótimo" momento e li algumas coisas ao meu respeito que estavam um pouco atrasadas... rsrsrs...
Um atraso de uns 2 anos... rs...
Vamos dizer que as tais "coisas" não eram muito boas... isso prá não perder a amizade, ok? 
Tudo bem, vai...
O jeito é "enfiar o rabinho entre as pernas"... engolir o orgulho (???)... arregaçar as mangas... e trabalhar sério...
Achei que meu tempo de "briga" com os zumbis havia terminado...
rsrsr... Eu, sempre cheia de razão e decisões definitivas.... rsrsrsr...
Chega a ser patético...
Até parece que eu conheço o começo... o meio... e o fim...
Talvez tenha sido o cansaço que tenha me vencido...
Maybe um lampejo de lucidez...
Talvez tenha sido a dor dos últimos tempos... rs...
Se não aprende pelo Amor, aprende pela dor, n'est pas???
Talvez tenha sido o fato de ter ficado falando sozinha... eu, as paredes e o eco...
Panfletando minhas "verdades" para as paredes...
Procurando adeptos / platéia que chore junto de mim as minhas dores incuráveis... os meu dramas pessoais...
Interpretando um personagem cheio de mágoa... que só faz culpar o externo... o Universo até... mas nunca a própria atriz, porque mal ousa olhar prá ela de verdade... 
Dói ver essa figura triste... Que só ouve e vê quem se dispõe a "compreender" a sua história... 
A história da "culpa alheia"...
Talvez seja a misericórdia divina... rsrs...
Talvez tenha sido a vergonha de não ter chegado a lugar algum mesmo dispondo das respostas na ponta da língua... do raciocínio rápido... do nariz em pé... da raiva, como combustível...
Talvez, tenha sido as respostas ácidas... envenenadas... a raiva sempre incontida...
Talvez tenha sido o dedo sempre apontado para os outros... mostrando como deve ser... como "tem" que ser... como resolver... como se portar... o que falar...
Talvez tenha sido o tempo... a lua... o sol... a solidão...
Talvez tenha sido a vida que eu levei (???) até aqui...
Cheia de razão... de desconfianças... de inseguranças... cheia de mágoas...
Cheia de idéias preconceituosas... cheia de regras... rígida... seca... amarga demais...
"Isso pode... é assim que tem que ser... sempre foi assim... eu sei... isso é meu..."... rsrsrsr...
Não sei o começo... não sei o meio... não sei qual será o fim...
Não sei nada... 
Não tenho nada...
Há tempo prá tudo...
É chegado o tempo de que, voluntariamente, eu tire esse personagem de mim... 
E, humildemente e arduamente, trabalhe para ser alguém melhor !!!


Muito obrigada, vietnamitas...


Bjus da

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Marcelo D2 Feat. Macaco - Todos [High Quality]

Separação...

Boa noite, Vietnã...


Os dias estão mais suaves... rs...
Não, os problemas não se foram... eu me acostumei a tê-los na minha vida...
Tenho aprendido algo que me repugna: FINGIR !
Descobri que é um mal necessário... rsrsrs... algo como: questão de sobrevivência... rs...
Finjo... mal, mas finjo...
Não posso exigir "excelência" porque estou começando... não estou prática...
Mas, treino todos os dias... em quase todos os momentos... rs...
Às vezes, fico preocupada...
Tenho medo de perder o discernimento... o foco... medo de me deixar afogar...
Ainda sinto como uma violência... algo repugnante...
Mas, a dor, a decepção, a tristeza... a necessidade... me levaram até esse caminho...
Eu finjo que não vejo...
Finjo que não escutei...
Finjo que eu não entendi...
Finjo que não sinto...
Finjo alegria... entusiasmo...
Finjo que não ligo...
Finjo que não quero...
Finjo que aceito...
Finjo que obedeço...
Finjo...
Eu estou treinando para não mostrar mais meu rosto (em especial, meus olhos...)...
Calar... não dizer o que eu penso... o que eu sinto... o que eu sei...
Não mostrar dor... tristeza... desejos...
Finjo... tentando fazer com que a "Lei Geral" não me veja, não me perceba...
Eu não sou mais forte que ela... Ela é infinitamente, mais forte...
Mas, posso ser mais esperta... e vou tentar com todas as forças ser mais inteligente que ela...
Finjo...
Finjo que não dói...
Finjo que não estou cansada...
Finjo que não espero... que não sinto saudades...
Finjo que não tenho medo... finjo que não estranho...
Finjo que está tudo certo...
Para isso, necessário calibrar o tom da minha voz... mudar a postura da coluna...
Olhar prá baixo... melhor não olhar nos olhos... rs...
Mostrar interesse... sorrir... participar... socializar...
Sorrir... sorrir... sorrir...
Entender... concordar... não questionar... não "atrapalhar"...
Não "ficar no meio do caminho"... não atrapalhar o fluxo...
Não... não... não... não...
NÃO...
FINJO...


Bjus da


Summer Eletrohits 6 - 14 - Ian Carey feat Craig Smart - S.O.S

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Wake up !!!


Buenas tardes, Vietnã !!!
Saindo de noites muito escuras... Mais uma vez, consegui... rs...
Algumas novidades que preciso compartilhar aqui, no "meu espaço", para os vietnamitas de plantão!
Está tudo certo para "Um lugar chamado Notting Hill"... Mais conhecido como meu apartamento!!!
Delícia de conquista... em 2014, vou morar em Notting Hill !!! rsrsrsrs...
Há 02 semanas comprei meu "fom-fom"... Ontem fui buscá-lo na maternidade.... huahuahua...
Fiz tanta coisa errada no trânsito... me senti a mais "incapaz".... kkkkkkkkkkkkkk....
Aliás, tô achando ótimo ser "incapaz" na vida...
Não sei fazer as coisas direito... não acerto logo de cara... erro prá caramba... tenho que refazer... rsrsrsr...
É uma delícia ser "incapaz"...
Se eu soubesse disso antes... se eu soubesse que não sou "capaz" de ser perfeita, correta, legal... teria aproveitado mais...
Descobri (dia desses, aí...) esse prazer, quebrando a cara, of course... rsrsrs...
Que delícia começar o dia sabendo que não vou acertar... kkkkkkkkkkkkk...
Prazer absoluto... Liberdade... Leveza...
Dá vontade de dançar até cansar, quando lembro disso... o sorriso vem automaticamente no meu rosto...
Faço tantas coisas que não tenho a menor idéia de como começar e, principalmente, no que vai dar.... rsrsr...
É como pedir para um militar da mais alta patente, retirar a sua farda, e viver a sua vida sem regras.... kkkkkkkkkkk...
Ou dizer a uma madre superiora que pecado é só uma palavra no dicionário... que ela deve viver segundo o seu coração e seus instintos.... rs...
Hilário... um caos necessário a essas duas figuras...
Ouvir o seu próprio coração... é algo que nunca mais se esquece...
Uma canção que vai lhe acompanhar prá sempre... Nunca mais será possível ficar surdo a essa voz...
Quando se está na escuridão, há tempo para tudo...
Inclusive para lembrar de que se tem um coração e.... FINALMENTE, lhe dar ouvidos !!!
Aos meus vietnamitas queridos, todo o meu amor, respeito e energia...

Amém !!!


Bjus da Rê

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Metallica - Sad But True /Live Nimes 2009 1080p HD_HQ

Escrevendo...

Servir - auxiliar; ajudar...
Subserviência - servilismo; espírito de servidão; qualidade de quem é servil...
Submissão - obediência voluntária; passividade; humilhação...
Ser - verbo de ligação; verbo auxiliar; existir...
Existir - ser num dado momento ou atualmente; viver...


Boa tarde, Vietnam...


Algumas definições...
Não mudam as condições... às vezes, esclarecem...
Não deveria ser assim, mas algumas pessoas "servem" para cuidar...
"Servem" para contribuir financeiramente...
"Servem" para ficarem atentas aos desejos alheios... e realizarem esses desejos...
"Servem" para ver de longe o progresso e/ou felicidade dos que ama... mas, não lhe são permitidos participarem...
"Servem" para ocuparem um espaço vago... vazio...
"Servem" para "segurarem as pontas" quando algo der errado...
"Servem" de cartão de visitas num ambiente...
"Servem" de moeda de troca...
"Servem" para fazer companhia...
"Servem" para descontar uma frustração, uma raiva incontida...
"Servem" para dar segurança...
"Servem" para ajudar...
"Servem" para apoiar...
"Servem" para serem castigados quando não cumprem suas "funções de servir"...
Não deveria... Mas, existem pessoas que, apenas, "servem"...
Seus desejos, sonhos... não existem no mundo real... apenas na sua própria imaginação...
Em primeiro lugar, está a responsabilidade para com os outros... as obrigações a serem feitas... 
Não são permitidos falhas! Não são permitidos o "NÃO"... Não são permitidos "insubordinação"... rebeldia...
"NÃO" é dito, apenas, a si mesmo...
Não é permitido questionar... apenas, honrar sua função de "SERVIR"...
São corretas... responsáveis... conservadoras... obedientes... militares... tristes...
São como soldados... sem identidades... sem rostos...
Não têm vida própria... 
Elas "servem"... não vivem...
Quem "serve" para algo e/ou para alguém, não existe para si... Existe para "servir"...
O que aconteceria se essas pessoas começassem a "falhar"? A "faltar" ???
Caos generalizado?
Para alguém que "serve" é muito difícil não cumprir sua função... 
Um toque: olhe para si mesma... E viva a SUA vida !!!




Bjus da

domingo, 25 de setembro de 2011

Lenine - "Martelo Bigorna"

1º dia da semana...

Boa noite, Vietnã...
Hoje é domingo... "aquele" dia...
Prá Resitcha aqui, é sofrido o domingo e segunda.... rs
Literalmente, tenho que pegar no tranco... Gosh !!!
Pode ser que, nesta semana, as coisas fiquem melhores.... rs.... pode ser que piore...
Pode ser que, nesta semana, eu me dê por vencida... jogue a toalha... abandone a arena...
Pode ser que, nesta semana, eu receba a visita do "Espírito Santo" e me salve do fogo eterno... (rsrsrsrs.... essa foi ótima.... rsrsrsrs.... me superei !!! kkkkk...)
Pode ser que ,nesta semana, eu faça um pacto com as Trevas... kkkkkkkkk...
Pode ser que, nesta semana, eu perca a visão, exatamente como Paulo, em Damasco... (tá ficando bom, hein? kkkkkkk...)
Pode ser que, nesta semana, eu faça aquela viagem de navio com meu amigo Bob...
Pode ser que, nesta semana, eu seja descartada, definitivamente...
Pode ser que, nesta semana, o ódio me dilacere...
Pode ser que, nesta semana, eu encontre o fim do arco-íris... 
Pode ser que, nesta semana, eu perca o juízo... ou perca o sono...
Pode ser que, nesta semana, eu desista da dieta...
Pode ser que, nesta semana, eu compre o meu carro...
Pode ser que, nesta semana, eu aprenda a fingir...
Pode ser que, nesta semana, a maldade não me assombre... não me assuste... não me alcance...
Pode ser que, nesta semana, eu não chore no banho...
Pode ser que, nesta semana, eu compre minhas lentes... não, acho que não... lembrei do meu extrato... rsrsrs... (mas... e o carro???)
Pode ser que, nesta semana, eu abandone o caminho que me foi imposto e vá ser feliz...
Pode ser que, nesta semana, eu tenha um tempo prá mim...
Pode ser que, nesta semana, eu não tenha nada em mente... vazio... nada... niente... apenas o silêncio... finalmente: o silêncio...
Pode ser que, nesta semana, eu morra de catapora colorida...
Pode ser que, nesta semana, eu pare de apanhar... e de bater.... rsrsrrsr...
Pode ser que, nesta semana, tudo faça sentido e eu reencontre minha paz de espírito...
Pode ser que, nesta semana, eu não escute nada... ninguém...
Pode ser que, nesta semana, eu seja ouvida...
Pode ser que, nesta semana, eu não olhe pro meu umbigo...
Pode ser que, nesta semana, eu pense só em mim...
Pode ser que, nesta semana, eu receba flores... girassóis... gerânios...
Pode ser que, nesta semana, eu colha o que estou plantando...
Pode ser que, nesta semana, abra uma filial do América e do Outback na rua do meu trabalho... rsrsrsrs....
Pode ser que, nesta semana, eu vá prá Punta Cana...
Pode ser que, nesta semana, eu não sinta culpa... 
Pode ser que, nesta semana, eu não sinta nada... ausência de desejo... total e absoluto...
Pode ser que, nesta semana, eu alcance o Nirvana...
Pode ser que, nesta semana, eu sinta amor novamente...
Pode ser que, nesta semana, tenha um blecaute... uma enchente... um cataclisma...
Pode ser que, nesta semana, eu perca a razão... o direito... o caminho... a bússola... a mim...
Pode ser que, nesta semana, eu encontre o tom... o dom... das palavras, do sorriso...
Pode ser que, nesta semana, eu tenha dentro do meu peito um desejo martelo, uma vontade bigorna...
Pode ser que, nesta semana, eu beba bastante... até entorpecer... rsrs...
Pode ser que, nesta semana, o Universo conspire a meu favor...


Aos meus amigos vietnamitas, uma excelente semana !!!


Bjus da

domingo, 11 de setembro de 2011

Lenine em França 2(Candeeiro Encantado)

Seleção...

Boa noite, Vietnã...
Tava aqui pensando num monte de coisas e situações...
Vontade de deixar tudo como está, pegar uma mochila com poucas coisas e me mandar...
VIVER A MINHA VIDA...
rssrsrs.... Vivo há tanto tempo a vida alheia que já nem sei mais quem é a Rê...
Quem sou eu ???
Eu gosto de sorvete... eu gosto de rir...
Eu amo música... eu não gosto de samba... eu não gosto de pagode... eu não gosto de sertanejo... eu não gosto de funk...
Eu amo SOL...
Eu gosto de cinema... eu amo sonhar...
Eu adoro dormir... eu amo o SPFC...
Eu gosto de falar... eu odeio discutir...
Eu gosto de água... eu adoro correr...
Eu amo caminhar...
Eu adoro gentilezas... eu detesto perder tempo...
Eu amo pão caseiro... eu amo céu estrelado...
Eu gosto de cheirar bebês... eu amo escrever...
Eu detesto mentiras...
Eu amo a Av. Paulista... eu gosto de mandalas...
Eu amo cabelo comprido... Eu amo minha avó...
Eu gosto de fotografia... eu gosto de Balenciaga...
Eu adoro comer milho cozido... Eu adoro brincar...
Eu odeio cosquinhas... eu gosto do meu nariz...
Eu detesto ser repreendida... eu odeio ouvir que errei...
Eu gosto de novela... eu amo comédia...
Eu amo LIBERDADE... eu preciso de calor...
Eu adoro ler... eu gosto de beber...
Eu não sei dançar...eu não gosto de não saber...
Eu adoro alongamento... eu detesto musculação...
Eu adoro cachorro... eu detesto gatos...
Eu não gosto de filas... eu detesto trânsito...


Eu gosto... eu não gosto...
Eu adoro... eu detesto...


Preciso viver a minha vida... urgentemente!


Bjus da

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

New Age-Enya - Last Of The Mohicans - Promentory

Here...

Boa tarde, Vietnã...
Saudades daqui...
Do espaço que fiz por causa de uma dor...
Alguns dias tem sido, especialmente, difíceis...
Algumas noites, são mais escuras do que o normal...
Mas, recentemente, tenho sentido, visto e participado de encontros com a Generosidade...
Encontrei também, a sintonia invisível de amigos...
Uma sintonia que não é necessário pedir "socorro"... não é preciso olhar nos olhos...
Existe uma rede de energia que está ao redor, acima das nossas cabeças, abaixo de nossos pés, através de nossos corpos...
Uma rede que envia e recebe informações que não ousamos (ou não sabemos) verbalizar...
A tal rede, emite informações poderosas...
São as vozes dos coração... são vozes antigas... de muitas vidas...
Quem tem capacidade de ouvir essas vozes? rs...
Alguns se preparam, estudam... durante muito tempo, prá ter essa capacidade... prá conseguir vislumbrar nem que seja por um instante essa rede, que nos liga a todos...
Acredito que seja mais uma ferramenta de Jah para nós usarmos aos 45' do 2º tempo... rs...
Ultimamente, estou percebendo a ação do tempo em mim...
Para o bem... e para o bem.... rsrsrsr...
Eu poderia dizer "para o mal"... Mas, que mal há em apresentar no meu rosto e no meu corpo, todos as estradas que percorri?
rs... Não tem problema... não prá mim...
Há muitas estradas, ainda... aqui ou lá...
Aos vietnamitas de plantão, meu muito obrigada pela companhia nesta jornada !!!

Bjus da

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Tired and Sad...

Boa tarde, Vietnam...
Tenho caminhado de qualquer jeito... tropeçando... caindo...
Não gosto, of course...
Mas, a estrada oferece esse tipo de passo... não há o que fazer... rs...
A melancolia persiste... e afetou meu corpo... meu físico...
Fiquei lá, quietinha...
Às vezes extravasando minha indignação... olhando para os lados, sem saber o que fazer com a tal melancolia... ou chamando de tristeza faz mais sentido?
Fico pensando que, se eu aceitasse esse estado de espírito como o "normal", talvez fizesse mais sentido... Talvez....
É tão doloroso cansar de "sentir", né ???
Porque tudo o que eu quero é desligar... OFF total...
Ficar quieta... sem sentir, absolutamente, nada...
Posso mudar para o Tibete... ter um papo legal com os Monges de lá e... quem sabe atinjo este estágio? O Nirvana... rsrsrsr...
Mas, será que no estágio Nirvana, deixamos de sentir???
Sei não... Acho que deixamos de "querer".... rsrsrsr...
O momento atual é: "Eu sinto"... e tudo dói... tudo machuca...
Infelizmente...
Continuo caminhando e, se olharem de longe, nem vão perceber os machucados nos meus pés... as bolhas... os calos...
Continuo... e, provavelmente, não vou parar... rs...
Caminho agora, olhando para os meus pés...
Não quero ver ao redor...
O cenário todo me machuca...

Bjus,
da Rê

sábado, 30 de julho de 2011

Lenine em França 2(Candeeiro Encantado)

Sertão...

Boa Noite, Vietnã...
Voltei de mais uma noite escura...
Escura e longa...
Como de todas as vezes, não sabia se eu sairia... ou me afogaria nela...
Boa notícia: "ACHO" que saí dela...
Má notícia: essa não foi a ÚLTIMA noite escura que atravessei... haverão outras...
Estava aqui pensando no meu pai...
Sujeito do bem... tranquilo... sensato... alegre...
Sabia (sabia???) aproveitar a vida...
Mas, olha só o que ele fez !!! rsrsrsrsr....
Uma sujeitinha com a faca na mão... constantemente, pronta prá atacar, brigar...
Defende... "acha" que entende o que é justo e o que não é.. rsrsrs...
Adora uma pirraça...
Chama prá briga...
Tem postura de ataque... nos olhos e no corpo...
Tem a resposta na ponta da língua... afiada igual a faca que está na sua mão...
Essa sou eu...
Alguém que tento matar... negar... há bastante tempo...
Alguém que se sobressai por mais que eu tente sufocar...
Alguém da qual me orgulho... imensamente...
Talvez por isso mesmo, eu não consiga matar... rs... pelo simples motivo de não querer que esse Alguém morra...
Muita coisa mudou desde a última vez que estive aqui, vomitando meus demônios...
Comprei um lugar que chamarei de Notting Hill...
Venci um fantasma que me aterrorizou por 11 anos... rs...
Percebi que estou envelhecendo fisicamente e meu cérebro não está acompanhando isso...
Continuo magra...
Continuo com uma galera cuidando de mim, lá de cima...
Continua lutando comigo mesma...
Continuo procurando, desesperadamente...
Continuo me machucando...
Continuo brigando...
Continuo com saudades do que não me foi apresentado...
Continuo com saudades do que eu tive e se foi...
Continuo descobrindo...
Continuo me enganando...
Continuo acabando com minhas ilusões... as antigas e as recentes...
Continuo chorando...
Continuo esperando meu cabelo crescer...
Continuo acordando de madrugada...
Continuo arredia... melancólica...
Continuo me espantando com o som da minha risada...
Continuo...


Aos vietnamitas que continuam na estrada... minha profunda admiração e amizade!
Aos que pararam de caminhar... Nunca é tarde prá recomeçar...
Vietnamitas, não esqueçam que uma das minhas mãos segura a faca... a outra está sempre estendida aos que precisam de ajuda no perrengue...


Bjus da

sábado, 2 de julho de 2011

Sadness...

Boa noite, Vietnã...
Não sei, sinceramente, se vou conseguir escrever... Apenas, gostaria de matar as saudades desse meu espaço...
Não sei que diferença tem entre a Melancolia e a Tristeza...
Dói do mesmo jeito... faz com que eu me sinta aniquilada da mesma forma...
É estranho vencer etapas e chorar a tristeza infinita que estou sentindo...
Não é o inverno lá fora que me faz sentir frio...
Estou fria por dentro... seca...
Envelheci... da pior maneira... Seca e fria...
Estou muito triste... e não consigo fugir desse estado de espírito...
Me dá medo, sabe?
Sensação de que vou me afogar... vou me perder nessa tristeza (ou melancolia) toda...
Cansada prá caramba...
Eu queria ir, caminhando por aí... conhecendo lugares novos... sozinha!
Queria conhecer culinárias diferentes... sons diferentes... o mesmo céu para terras diferentes... rsrsr...
Queria ir prá Toscana... Londres... Paris...
Sem sentir saudades do que deixo prá trás... sem me apegar...
Estudar história... arte... os costumes... o som das cidades... observar a arquitetura do local...
Talvez, eu queira tudo isso, para não olhar o que se apresenta...
Só para tentar me enganar e não sentir essa tristeza gigante...
Falta paz... a Paz de Jah...
E como é difícil não tê-la...
Há apenas desassossego, tristeza, raiva... angústia... medo!
Meus amigos vietnamitas, vou mergulhar, novamente, em mim mesma para tentar achar a Minha Paz...
E que Jah guie meus passos para a estrada correta...


MAKTUB!


Bjus da